Outsourcing, o santo de fora também faz milagre

Posted on Posted in Artigo

Crenças e devoções à parte, grandes empresas estão descobrindo as vantagens de terceirizar funções que não fazem parte do seu core business.

Um especialista em Gestão de Projetos, por exemplo, quanto tempo e dinheiro são gastos para formar um? Apesar de a oferta ser maior que a procura, contratar um profissional bem gabaritado é uma via crucis para qualquer gestor de RH. E quando ele consegue essa proeza, manter o contratado sempre atualizado com as boas práticas de mercado acaba sendo uma novena sem fim. E se depois de tudo, mesmo que ele mostre bons resultados dentro da organização, ele simplesmente resolva sair? Vish! Ai começa tudo outra vez. Nesses casos, infelizmente, não há reza que evite um bom, digo, um mau prejuízo.

Na outra ponta da história, o que o Outsourcing inteligentemente propõe não é o fornecimento de um simples recurso humano, mas de um serviço completo. Com isso a empresa não passa pelos perrengues acima, e, além disso, usufrui da garantia do profissional nos 12 meses do ano. Isso mesmo! Sem férias, licenças ou risco de passivos trabalhistas. A burocracia da CLT fica a cargo da contratada e não da contratante.

Ok, você deve estar pensando: Mas um profissional terceirizado não tem a cultura da empresa. Não, e isso pode ser uma grande vantagem, principalmente na imparcialidade na hora de resolver conflitos naturais que qualquer projeto acaba gerando. Um recurso terceirizado também não carrega os vícios e ranços de problemas antigos da instituição e o melhor, provavelmente ele ficará longe da rádio peão.

Portanto, na hora de contratar um especialista de TI ou profissional de GP, não é preciso subir nenhuma escadaria de joelhos e nem pagar nenhuma promessa. Pois o Outsourcing é o Santo mais moderno e competente que existe.

Assista logo abaixo a um breve vídeo sobre a PMBASIS. Uma empresa de Outsourcing moderna, altamente especializada em GP, flexível nas negociações, que tem uma estrutura enxuta e, consequentemente, um custo menor para quem a contrata. http://pmbasis.com.br/blog/por-dentro-da-pmbasis/

*Autor: Lange Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *