Apesar de uma grande necessidade na vida dos gestores, pensar a longo prazo é uma tarefa muito difícil de ser aplicada na realidade na vida dos gestores, já que as demandas do dia a dia e as crises que surgem acabam consumindo todas as horas corporativas do dia. Porém, apesar de essa ser a realidade de praticamente 100% dos líderes, todos tem a consciência de que precisam incluir esse planejamento para garantir a competitividade da equipe e também se desenvolver enquanto profissional.

Com o mundo em ritmo cada vez mais acelerado de mudanças, as empresas já entenderam que a sobrevivência depende de uma enorme capacidade de adaptação aos cenários que se apresentam, às vezes de forma repentina. É preciso garantir entregas que agreguem valor e se diferenciem. E quando o assunto é gestão e inovação, a metodologia ágil está no topo das tendências. Metodologias ágeis podem ser definidas como um conjunto de práticas aplicadas no gerenciamento de projetos, cuja principal característica é a alta adaptabilidade a mudanças.

Product Hacking é um time de pessoas versadas em negócios, projetos e tecnologia. Uma espécie de híbrido, um "exército de uma pessoa só". Essas pessoas ficam imersas nas unidades de negócios, onde irão aprender sobre os principais desafios de cada área. A partir disso, serão capazes de levantar oportunidades, calcular o impacto, conceber o projeto e executar a implantação. Os projetos podem envolver programação, implantação de um sistema terceiro, melhoria de processo, entre outras possibilidades. Nossa hipótese é que o fato da mesma pessoa entender do problema, da concepção e execução da solução resulta na realização de projetos muito mais coerentes e eficazes.

Um dos grandes problemas em uma empresa é a falta de visibilidade e de participação estratégica das áreas de TI. Por mais que digam que informação é um ativo valioso, nem todas as empresas a gerem bem. E o que é ITIL 4 nesse cenário? Parte de uma transformação digital que visa a automação da informação. Segundo relatório da AXELOS, 89% dos profissionais acham que o aumento na automação assumirá as tarefas repetitivas da TI. A nova versão do ITIL entra nesse cenário. E como funciona a metodologia ITIL na prática? Prossiga com a leitura e entenda mais sobre o ITIL 4!

Planejamento colaborativo de projetos é uma maneira de elaborar um plano de projeto em equipe em sessões de participação simultânea, seguindo uma agenda estruturada de debates. Cada stakeholder coloca sua opinião e comenta sobre as demais opiniões apresentadas, sendo estas registradas numa área comum de trabalho que está visível e acessível para modificação por todos. O planejamento colaborativo demanda um protocolo de integração que irá dizer como as diversas intervenções dos stakeholdersse conectam e são consistidas, dando maior confiança ao plano.

A gestão da Qualidade é uma das sete Áreas de Conhecimento necessárias para se gerenciar um projeto. Os princípios e os processos da gestão da qualidade têm sido bastante discutidos, devido à falta de qualidade dos projetos, considerada como grande barreira para o avanço tecnológico e organizacional da indústria de construção do país. Este artigo tem como objetivo mostrar quais são os processos da Gestão da Qualidade e sua devida importância no ambiente de projetos, discutir a definição de qualidade adotados pelo PMI e sua compatibilidade com a International Organization for Standardization (ISSO), além de discutir os impactos na implementação dos princípios de qualidade em empresas de projeto.

https://pmbasis.com.br/wp-content/uploads/2021/04/Logo-PMBasis-3-1.png
Parceiros
https://pmbasis.com.br/wp-content/uploads/2021/03/pmi-1.png
https://pmbasis.com.br/wp-content/uploads/2021/06/neora.png
https://pmbasis.com.br/wp-content/uploads/2021/03/PUC.png
Redes Sociais
+55 (31) 2591-4389

©2021 PMBasis. Todos os direitos reservados.